Comece arrumando as Janelas Quebradas

Em 1969 o psicólogo Philip Zimbardo da universidade de Stanford executou alguns experimentos para testar A Teoria das Janelas Quebradas¹.

Em seu experimento Zimbardo deixou dois automóveis idênticos em dois locais diferentes nos Estados Unidos. Um veiculo foi deixado em uma rua no “Bronx”, uma região considerada perigosa em Nova Iorque, e outro em “Palo Alto, California”, também conhecida como Vale do Silício.

O carro deixado no Bronx foi atacado 10 minutos depois de estacionado, e em menos de 24 horas tudo que tinha valor no veiculo ja havia sido removido. Após esse período então começou a destruição total, janelas todas quebradas, partes removidas, e estofamento roubado. Finalmente as crianças passaram a utilizar o veiculo como brinquedo.

Enquanto isso o carro deixado la no Vale, por mais de uma semana permaneceu intacto até que Zimbardo com uma marreta causou uma pequena destruição, após algumas horas a surpresa o carro estava completamente destruído.

Independente da localização os dois veículos terminaram completamente destruídos. Seja no Bronx ou em Palo Alto, quando temos uma janela quebrada a sensação é de que ninguém se importa com o que aconteceu.

Façamos um paralelo ao nosso dia a dia como gestor, ou parte integrante de uma equipe no trabalho, se existe uma “Janela Quebrada” e simplesmente não a consertamos o todo pode ser afetado e então o problema pequeno pode ficar de um tamanho inesperado.

Resolva os problemas e tome ações rapidamente, o resultado será impressionante.

Abaixo  deixo uma sugestão de como executar um workshop:

  1. Apresente a teoria das Janelas quebradas e seu impacto
  2. Execute uma seção de brainstorm listando eventuais problemas existentes, 30 Minutos é o ideal, não descarte nenhum ponto e nem tentem solucionar neste momento. (Sim os seres humanos tendem a ir direto a solução)
  3. Selecione no Máximo 3 “Janelas Quebradas” para serem concertadas: (30 Min)
    • Remova da lista todos que você simplesmente não possa controlar.
    • Foque nos “Show-Stoppers” algo que possa atingir diretamente o projeto ou o faturamento de sua empresa, ou então a experiência de seus clientes
  4. Busque soluções para os Top 3 (1 Hora)
    • O Mais importante é que as soluções tenham ações e respectivos donos a estas ações e um tempo para completar
  5. Faça uma segunda sessão para celebrar os resultados

Boa Sorte!

Sources:

  1. Broken Windows – Geroge L Kelling  and James Q. Wilson – 1982

Disclaimer: I work for HP. The views, opinions, and thoughts expressed here represent my own and not those of my employer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2017 IT & ETC | ScrollMe by AccessPress Themes